Tem história nova lá no Neno!

Tem história nova lá no Neno!
Cliquem para ver!

Inspirada numa poesia minha, a Vanessa fez essa bonequinha!

Inspirada numa poesia minha, a Vanessa fez essa bonequinha!
Um amor,né? Cliquem pra ver mais belezinhas lá!

♥ Os insetos e a chuva ♥

imagem daqui



Ameaça chover.
Dona Aranha não quis saber,
colocou suas patinhas para correr, 
e logo foi para sua teia se recolher.

Já pensou se a chuvarada a pega?
Ela nem sabe nadar.

A Dona Borboleta laranja aproveitou,
para dar uma pousadinha,
na azaleia branca.

Não se demorou,
e como é esperta,
rapidamente voou,
indo se abrigar,
na linda árvore flor-da-china,
onde suas asinhas não vão se molhar.

A Dona Formiguinha,
coitadinha,
estava tão perdidinha,
que apressou suas patinhas,
e voltou velozmente para o formigueiro.

Dona Joaninha,
nem sequer apareceu.

Os piolhos-de-cobra,
para dentro da terra,
foram se esconder.

Os caracóis ficaram felizes,
esperando a chuva chegar.
Nada como um terreno úmido,
para poder se passear.

A chuva finalmente começou a cair.
Seus pingos estão cada vez mais fortes.
Muitos insetos podem ter medo,
mas nessa época de seca,
chover é um grande sinal de sorte!


♥ Ternura... ♥




Que cena mais tão linda de se ver,
Na cozinha, ajudando a vovó.
doces gostosos a fazer!

Quebra o ovo, raspas de limão
mistura com a farinha e açúcar
mexe, mexe, tudo então!

Com as mãozinhas enfarinhadas,
agora os doces vai tentando  moldar.
E depois, as delícias já  terminadas.

É hora então de  as provar...
Menininho prefere um copo de leite,
e a vovó, um chá para bem acompanhar!

Momentos lindos a lembrar,
e guardar  bem dentro do coração...
Um dia, mais tarde,  juntinhos irão relembrar!

chica

* Esse texto fiz inspirada no post da PINTA ROXA, de Portugal, de onde retirei as fotos lindas que, de uma ternura tamanha que não pude deixar de me emocionar!
Dedico à querida Pinta e seu netinho Eduardo, o "pasteleiro"...


(((o)))o(((o)))o(((o)))

Chegou o Edumanes:

A vovó e o neto pasteleiro,
que sena mais linda na cozinha
acende o forno com o isqueiro
na alguidar amassa a farinha.

Não deixa queimar o bolo,
pasteleiro inteligente
tem paciência, é habilidoso
vovó está muito contente

Tudo nos trinques ficará,
Pinta Roxa, faz a cozedura
Tanto amor, tanta ternura,
naquela cozinha sempre há!

♥ Sapo Galante ♥






SAPO GALANTE

Hull de La Fuente

Bonito e verdinho
um sapo eu sou
a flor com carinho
pra sapinha dou.

Na beira do rio
é minha morada
eu canto e assovio
noite e madrugada.

na fotografia
estou de boné
me deu minha tia
lá do Poconê.

Lá vive meu primo
que lava o pé
nas costas o limo
do Rio Poconé.

Eu sou educado
e tenho carisma
sou bem arrumado.
Não venha com cisma.

Hull de La Fuente





Chegou Edumanes:

Ele dá flor para sapinha,
com muito amor e carinho
será ela sua namoradinha
Sapo Galante, espertinho!

bem educado a falar,
tudo mira em sua volta
a sapinha estava a chegar
à noitinha lá da horta.

Ele ficou muito contente,
quando a viu chegar tão bela
com um vestido transparente
era tudo o que ele mais quisera
vê-la mesmo ali à sua frente!

♥ Chuvinha... ♥



A chuva caiu com doçura
e o jardim então, agradeceu.
A vida às flores, augura:
-esta alegria vem pois do céu!

A chuvinha sem o saber
distribuiu felicidade
Que bom era ali viver
em paz e liberdade!

No viço de todas as flores
apareceu como por encanto
um arco-íris de todas as cores
afastando qualquer pranto!

A chuva pode ser poesia
mesmo em qualquer hora
A vida sem ela é vazia
Não queremos que vá embora!

O arco-íris trás esperança 
e a chuva futuro risonho
Agradece toda a criança
guardando nela seu sonho!

Graça Pereira


Aproveito para parabenizar a autora, Graça Pereira, pelo lançamento de seu livro FEITIÇOS, que acontecerá em Portugal, dia 29 de novembro!

Daqui, os aplausos e desejos de muito sucesso!

bjs, chica


(((o)))o(((o)))o(((o)))

Chegou Edumanes

Graça Pereira,
autora da chuvinha
senão gostar da brincadeira
desculpa qualquer coisinha.

Se molha quem anda á chuva,
se dela não se resguardar
quem tem fome come uma bucha
se é que tem pilim para a comprar,

Estou aqui a pensar,
neste belo poema
as estrelas no céu a brilhar
a lua prateada linda vê-la.

Para toda a criançada.
que o mundo seja colorido
nunca lhes falta nada
como o Arco-Íris é bonito!

Parabéns Graça Pereira,
por tão bem assim escrever
foi uma nuvem não passageira
que o sol hoje não deixou ver!

Continua a chover,
aqui na Póvoa de Santa Iria
a água a cair na terra estou a ver
boa noite amigas, Graça e Chica.



E chega a resposta da Graça Pereira:

Meu amigo,agradecer
manda a boa educação
pois aqui vou dizer
o que sente meu coração.

Chove na Santa Iria
Chove em todo Portugal
mas em nós, a alegria
não depende deste caudal.

A chuva,trás também Amizade
Aqui ficou comprovado
Entre um mar na realidade
Brasil e Portugal,lado a lado!

Gosto do seu rimar
e leio sempre com carinho
e quero acreditar
que estamos no bom caminho.

A CHICA faz-nos companhia
nesta roda de emoção
Ter amigos é alegria
para toda a ocasião!


(((o)))o(((o)))o(((o)))